Depois do jogo com o Sporting, que o Benfica empatou a um golo, tive um desabafo na minha página pessoal do Facebook que indignou muitos Benfiquistas. Depois de ver uma segunda parte avassaladora e acabar o jogo empatado, vendo um dos adversários directos ganhar pontos, foi frustrante.

Um dos problemas do Benfica este ano é que não tem sido constante. Aquela forma de jogar contra o Sporting não se repetiu, pelo menos com a mesma intensidade. E isso faz com que a equipa perca pontos em jogos onde deveria vencer, como aconteceu na segunda-feira com o Belenenses. E o que me preocupa é o facto de se voltar a culpar arbitragens pelos resultados menos positivos, o que voltará a trazer a falta de exigência. Em anos anteriores, o Benfica deixou de vencer, algumas vezes porque foi prejudicado, mas muitas vezes por pura displicência. E a desculpa era sempre o árbitro, mesmo que os avançados falhassem golos isolados e de baliza aberta. Não podemos voltar a esses tempos.

Já sei que o Benfica não joga sozinho, mas tem obrigação de ser melhor que todos os outros. Resultados como os do Bessa e o de Belém não se podem repetir, com todo o respeito pelas instituições Boavista e Belenenses. Esses cinco pontos perdidos davam ao Benfica a liderança do campeonato. Uma equipa que apenas joga para o Campeonato tem que ser mais exigente consigo própria. Não pode vacilar.

Posso isto, é óbvio que acredito no Pentacampeonato. Até porque os adversários também vão vacilar. Por isso, cabe a toda a estrutura do Benfica a palavra final e mostrar que, apesar de toda esta campanha sórdida contra o clube, e apenas contra o clube, somos melhores e mais fortes que todos os outros dentro das quatro linhas.

Autor: Johnny Lino

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.