O mérito (ou não) de Rui Costa na atual campanha do Benfica não passou ao lado de Luís Filipe Vieira, que, em entrevista à CMTV, preferiu apontar a toda a estrutura do clube encarnado.

«Não é ele [Rui Costa] que está a fazer as contratações, basta ver quem fez as viagens, o Rui Pedro Braz. O mérito é de toda a equipa que está lá, nomeadamente a equipa de scouting que é liderada pelo Pedro Ferreira, que tem feito um trabalho fabuloso», disse Luís Filipe Vieira, logo explicando: «O Enzo [Fernández], por exemplo, já estava referenciado, assim como o Darwin também foi referenciado. Eu só negociava e o Rui sabe que eu era forte nisso.»

Mais concreto foi Vieira quando questionado diretamente sobre o perfil do seu sucessor na presidência dos encarnados. «Liderar não se aprende. O Rui tem um perfil que não é capaz de decidir de imediato. Creio que não tem perfil para dar um murro na mesa, é mais consensual. Houve críticas sobre os resultados financeiros negativos, que são a herança do Vieira, mas dificilmente alguém deixará igual ao que deixei no Benfica. De certeza que o Benfica em dezembro vai apresentar resultados positivos. Eu saí em julho e até agosto houve muito trabalho. O investimento foi forte para podermos conquistar o título de campeão nacional.»

Sobre o livro que acaba de lançar, Luís Filipe Vieira fez questão de salientar: «Não é um livro direcionado ao Benfica. É um livro sobre períodos da minha vida e posso garantir que tudo o que está escrito é verdade. Desestabilizar? Nunca. Quem me dera que o Rui Costa, que é quem lidera o Benfica, ganhe tudo. Ficaria bem feliz.»

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.