Jogo entre Brasil e Argentina não é jogo sem polémica.

No dia de ontem, os dois gigantes sul-americanos enfrentaram-se, com a vitória a sorrir à turma albiceleste por 1-0, golo de Messi após recarga de um penalty falhado.

Aliás, além do golo, a ênfase da partida esteve justamente relacionada com o avançado do Barcelona. O capitão argentino, a dada altura, manda calar Tite. Ora, o seleccionador brasileiro manifestou-se contra uma decisão do árbitro de não mostrar cartão amarelo a Messi depois de pontapear uma bola para longe e o capitão das Pampas não gostou desse reparo.

“Eu só reclamei porque era para ele levar cartão e ele mandou-me calar a boca, depois eu mandei-o calar a boca. E acabou. Não quero responder a isso para não colocar situações. Se não colocar árbitro grande, ele é engolido… Mas é situação do jogo, ele é extraordinário. Mas aquele lance era para cartão e eu tinha razão de reclamar”, disse Tite após o término da partida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.