fredericovarandas

Der acordo com o avançado esta sexta-feira pelo Noticias ao Minuto, a Assembleia Geral da SAD do Sporting, que se irá realizar no dia 6 de outubro, vai colocar em apreciação aos acionistas um aumento da remuneração fixa de Frederico Varandas, que passará dos 147 mil euros para 182 mil euros brutos por ano. Trata-se de um aumento na ordem dos 35 mil euros, que permitirá ao líder do Conselho de Administração da SAD sportinguista igualar o ordenado de Bruno de Carvalho, presidente que acabou por ser destituído.

Este aumento já tinha sido proposto em anos anteriores, mas devido à pandemia e à situação financeira do clube, acabou por ser recusado pelo próprio presidente do clube.
Além de Frederico Varandas , também os membros executivos do Conselho de Administração poderão vir a ter os salários aumentados para os 131 mil euros anuais. Atualmente, Francisco Zenha e André Bernardo auferem cada um 98 mil euros brutos por ano e João Sampaio recebe 73 500 euros brutos.

Em apreciação estarão igualmente os prémios a pagar (remuneração variável). Os objetivos desportivos e financeiros têm o mesmo peso relativo (50-50 por cento). Certo é que o valor máximo dos prémios não poderá ser superior a 75 por cento do vencimento bruto anual.

A reunião magna de acionista vai ainda debater os prémios referentes à equipa passada e, em caso de aprovação, Frederico Varandas vai receber 73 500 euros pela conquista do título nacional, uma verba que se traduz em 50 por cento do atual vencimento bruto anual, ou seja, os tais 147 mil euros. Os outros membros executivos da administração também terão os seus prémios em análise e cada um deles pode receber 49 mil €.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.