No lançamento de um novo patrocinador, António Salvador, presidente do Braga, abordou o mercado de transferências e, sobre o interesse do Benfica em Ricardo Horta e a hipótese de David Carmo ingressar no FC Porto, deixou uma declaração forte,

“Há muitas formas de se fazer abordagens. Uns fazem abordagens através de terceiros e da Comunicação Social e outros fazem-nas de uma forma institucional, de uma forma correta e com lisura. E nesse caso, sim, poderemos conversar e analisar. Qualquer jogador que saia, o Braga terá que receber um justo valor, porque os jogadores merecem-no e o Braga também”, disse.

Convidado a esclarecer o destinatário da mensagem, Salvador referiu que a referência era clara. “Vocês é que sabem o que andam a anunciar. Para bom entendedor… Toda a gente percebe, todos nesta sala compreenderam a minha declaração”, atirou.

“São dois dos melhores jogadores portugueses, um deles está no melhor onze da época [Ricardo Horta], quem o quiser terá que pagar o justo valor. Os clubes estão habituados a não dar o valor devido a jogadores em Portugal. Isso tem mudado, a diferença que há entre nós e os outros já se começa a ver entre esses outros e os clubes da Europa, pelo que é normal que queiram contratar os melhores jogadores em Portugal”, disse ainda o dirigente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.