«Todas as estrelas no céu alinharam-se para nós, mas não esqueçam que a Argentina continua a ser uma equipa fantástica», afirmou o francês Hervé Renard, selecionador da Arábia Saudita, após o triunfo que espantou o planeta futebol.

Falou num triunfo «totalmente louco» e justificou: «É futebol, por vezes coisas totalmente doidas acontecem.»

Renard, após o jogo, nem deixou os jogadores ficarem demasiado tempo nas nuvens. «Disse-lhes para fazerem uma boa celebração durante 20 minutos, mais nada, porque ainda temos mais dois jogos», confessou, falando da crença que passou à equipa. «Quando vens ao Campeonato do Mundo tens de acreditar em ti mesmo, que tudo pode acontecer no futebol», vincou.

Apesar da euforia no relvado, nas bancadas, e depois no balneário, e com o mundo árabe a festejar tão histórico triunfo, Renard ainda encontrou margem para ser crítico para com a sua equipa.

«Taticamente não estivemos bem na primeira parte. O nosso bloco foi compacto, mas a nossa pressão aos centrais e ao Leandro Paredes não foi suficiente», apontou o técnico de 34 anos, que não teve dúvidas de que sofrer o 0-2 — depois de fazer o primeiro golo dos 11 metros, por Messi, a Argentina teve outros três anulados durante a primeira parte — «teria acabado com o jogo».

Saudi Arabia’s head coach Herve Renard looks out during the World Cup group C soccer match between Argentina and Saudi Arabia at the Lusail Stadium in Lusail, Qatar, Tuesday, Nov. 22, 2022. (AP Photo/Ricardo Mazalan)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.