Declarações de Vítor Pereira, treinador do Corinthians, após a vitória por 3-0 sobre o Fluminense, na madrugada desta sexta-feira, que garantiu a passagem à final da Taça do Brasil.

Ainda sem conversas sobre uma possível renovação de contratao, admite “antecipar” a decisão: “Pelo respeito que tenho aos adeptos, pelo respeito que tenho ao clube, tenho que fazer, tenho que antecipar e definir a minha vida. Isso vai acontecer. Tenho que ter uma conversa com o presidente, com a família, perceber também como é que… Hoje, se perdêssemos, disparavam aí críticas. O futebol é assim. Vou tentar encontrar o timing certo, mas vou antecipar. Por respeito ao clube, tenho que antecipar isso.”

Atingir a final da Taça do Brasil: “Eu já tenho muitas finais, muitas, muitas finais mesmo, tenho muitas finais na minha carreira. Aqui é uma final especial, porque não é fácil chegar ao Brasil sem pré-época, sem nada, apanhar o clube em andamento, jogar o Paulistão, clássicos e clássicos sem tempo para trabalhar, tentando sobreviver há tanto tempo com uma enormidade de lesões. Hoje começo a sentir que a equipa joga como eu quero. Depois de tantos meses, a equipa morde, é agressiva, está mais ligada…”

Mais tempo de trabalho e um melhor futebol: “Quando vim para o Brasil eu vim com essa ideia, mas nunca tive possibilidade de trabalhar. Eu disse antes: ‘se tiver um bocadinho de tempo, se os lesionados voltarem, vocês vão ver que a qualidade melhora’. Tanto do ponto de vista defensivo como ofensivo, aumenta a qualidade. Pronto, é o que está a acontecer. Por méritos dos jogadores e por termos um bocadinho mais de tempo de trabalho. Bastam duas semanas e as coisas tornam-se diferentes. Foi o que não aconteceu durante meses e meses e meses aqui, estávamos a sobreviver.”

Favoritismo do Flamengo: “Pelo orçamento, com certeza absoluta que o Flamengo é favorito. Pela quantidade de jogadores que já ganharam títulos, acredito que não há dúvida nenhuma que eles estão em vantagem. Mas o futebol é o futebol. Vamos esperar, não estou aqui a fazer promessas porque não sou muito disso… Agora, que vamos competir, isso vamos. Isso eu garanto. Não sei se vamos ganhar, mas vamos competir.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.