O presidente da Mesa da Assembleia Geral do Sporting, Rogério Alves, suspendeu provisoriamente os trabalhos da reunião magna de sócios do clube de Alvalade, na sequência de desacatos entre associados por baixo da tribuna presidencial.

Chegaram a ouvir-se gritos a pedir a demissão da direção. A contagem dos votos, porém, prossegue.

De recordar que decorre desde as 15h00 deste sábado no Pavilhão João Rocha a AG do emblema leonino para aprovação do orçamento do clube de Alvalade para 2019/20.

Segundo o Record, um segurança privado, alegadamente da equipa que trabalha mais de perto com a direção leonina, exaltou-se depois de Frederico Varandas terminar o seu discurso, numa altura em que já se aguardava pelos resultados.

O tal sócio proferiu vários insultos e o segurança terá perdido a cabeça, partindo para a agressão

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.