O defesa experiente do FC Porto Pepe viu o quinto cartão amarelo no derradeiro jogo do FC Porto, sem sair do banco de suplentes, falhando assim o duelo contra o Famalicão, pese embora que, estando lesionado, já iria falhar de qualquer maneira o embate contra os minhotos.

No programa Raio-X, na Sporting TV, Miguel Braga, responsável pela comunicação dos leões, considerou este episódio que sucedeu no Jamor uma jogada de “chico-espertice”.

“No dia passado dia 12, o treinador do FC Porto disse que não queria mais centrais pois a sua prioridade era recuperar os seus defesas. Depois, no dia 16, vimos o Pepe no banco, o que é surpreendente para um jogador da sua qualidade. Posteriormente, ao minuto 61, assistimos ao Pepe a ser amarelado no banco para ver o quinto cartão e limpar a série. Foi uma ‘chico-espertice'”, começou por dizer Miguel Braga.

“Nós também podíamos levar o Porro para o banco para ver o quinto amarelo. Eu lembro que Corona já tentou isso na UEFA, e então o jogador levou um jogo extra de castigo”, complementou o responsável leonino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.