pinto da costa

O semanário SOL avança este sábado que o presidente do FC Porto, Jorge Nuno Pinto da Costa “será o principal beneficiário de uma conta no Banco Carregosa para onde terão sido desviados parte dos 40 milhões de euros pertencentes a receitas da SAD (Sociedade Anónima Desportiva) do FC do Porto”.

De acordo coma mesma fonte, esta é a suspeita que está no centro da investigação da equipa liderada pelo procurador Rosário Teixeira e Paulo Silva, chefe de Divisão da Autoridade Tributária.

Avança ainda o SOL, que a conta bancária está em nome de uma figura hoje muito próxima de Pinto da Costa, o empresário nortenho José Pedro Pinho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.