A prova, como decidido em reunião dos clubes da Liga Portuguesa de Futebol Profissional em julho passado, vai ser disputada a oito equipas (e depois a quatro) nesta edição, sendo que a alteração do modelo competitivo teve como base a pandemia e ao calendário apertado dos clubes, sobretudo os que disputam as competições europeias.
Assim, de 34 equipas, a edição atual conta com menos… 26: os seis primeiros classificados da I Liga (ao fim das oito primeiras jornadas) e os dois primeiros da II Liga, ao cabo das dez primeiras jornadas, que ficarão definidos na última jornada disputada no presente mês.

Com o triunfo desta manhã contra o Cova da Piedade, a equipa do Estoril garantiu a participação nos quartos de final da Taça da Liga.
Ora, já é garantido que o Estoril vai ficar num dos dois primeiros lugares na altura em que fica fechado o alinhamento, ficando ainda em aberto se fica em primeiro ou em segundo lugar.
Com este resultado, Feirense, Arouca e Chaves deixaram de ter hipóteses matemáticas de chegar à competição, com o outro lugar proveniente da Liga SABSEG a ser decidido entre Mafra e Académica.

Da Liga NOS, Sporting, SC Braga e Benfica já asseguraram vaga, estando por decidir os outros três lugares. O único dado adquirido é que o Sporting vai receber o segundo classificado do segundo escalão.

Os quartos de final disputam-se a uma mão (em casa do clube visitado), entre 15 e 17 de dezembro, mediante o seguinte emparelhamento:
1º I Liga x 2º II Liga
2º I Liga x 1º II Liga
3º I Liga x 6º I Liga
4º I Liga x 5º I Liga

A final four, com sede em Leiria, congrega as meias-finais (19 e 20 de janeiro de 2021) e a final, no dia 23 do mesmo mês.

One thought on “Se o FCP não pontuar com o Santa Clara corre risco de ficar fora da taça da liga”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.