Depois da paragem no campeonato um Sporting amorfo venceu em Vila do Conde em tarde apática da turma leonina. Contudo, pode-se sempre dizer que a eficácia superiorizou-se e que os três pontos é que contam. Os factos é que sofremos golos há 6 jogos consecutivos e as debilidades defensivas que tanto falo neste espaço estão à vista de todos. Somos fracos defensivamente e isso pode vir a desastroso para as aspirações da equipa. Naldo ainda ontem demonstrou alguma instabilidade e Paulo Oliveira parece-me algo desgastado, até porque participou no europeu de sub-21. Aquilani e Adrien não são médios “destruidores” mas sim construtores e os laterais atacam bem melhor do que defendem, sendo que o único muro que temos é mesmo Rui Patrício. Os regressos de William e Ewerton poderão ser a nossa salvação ou então temo que pelo menos até Janeiro teremos que sofrer todos os jogos até ao último folgo. Ainda sobre o jogo de Vila do Conde, não gostei de ver a azia de João Mário em ter sentado no banco. Parece legitimo que Jesus, tendo em conta que João Mário não entra nas contas da Europa, coloque Aquilani de modo a que este ganhe mais ritmo e entrosamento com os colegas. O que não pode acontecer é ver um miúdo com uma qualidade que todos lhe reconhecem entrar em campo apático e com uma displicência que o fez inclusive falhar um golo cantado à frente da baliza. Creio que terá vida difícil, depois do regresso de William, se continuar com esta atitude.

Numa fase em que saem as notícias de que o clube obteve um lucro de 19M nas suas contas, o que sem dúvida é melhor que ser prejuízo, o presidente aposta na sua promoção individual propondo o seu próprio aumento salarial de 5 para 10 mil euros. Na minha opinião está a dar um autentico tiro nos pés, isto porque, primeiro o atual salario é mais do que suficiente e em segundo lugar porque isto contradiz toda a sua campanha “politica” a favor da redução de custos de toda a estrutura do clube. Augusto Inácio, por exemplo, continua a “mamar”, e ainda vai buscar uns valentes trocos aos programas televisivos que frequenta assiduamente. Não me parece justo.

A que parece ser a melhor noticia deste inicio de semana para o Sporting, é mesmo a mais que provável renovação de André Carrillo. O almoço de hoje com Jesus deixa a entender que o treinador do Sporting tem um papel fundamental neste processo, o que me deixa bastante satisfeito, saber que no plantel manda o treinador e não o presidente. Veremos se o empresário desbloqueia o acordo já claro entre clube e jogador.

Saudações Leoninas

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.