Os 54 detidos nos confrontos antes do jogo da Liga dos Campeões de futebol entre o Benfica e os ucranianos do Dínamo Kiev, na quarta-feira, vão ser esta quinta-feira presentes a tribunal, com a PSP a suspeitar de “encontro combinado”.
O Comando Metropolitano de Lisboa da Polícia de Segurança Pública (PSP) explica, em comunicado, que os detidos vão ser na manhã desta quinta-feira presentes às autoridades judiciárias competentes, no Campus da Justiça.

Segundo as autoridades, os 54 detidos são “alegados adeptos” do Dínamo Kiev, tendo sido também identificados “adeptos do clube visitado” e estando ainda a ser efetuadas diligências para identificar outros intervenientes.

“Do que foi verificado, houve comportamentos que indiciam que o encontro entre os diferentes grupos tenha sido previamente combinado. Dos detidos, 13 apresentaram ferimentos que careceram de tratamento médico, tendo havido ainda um polícia ferido sem gravidade”, acrescenta a PSP.

Na quarta-feira, antes do jogo entre o Benfica e o Dínamo Kiev, a PSP deteve 54 pessoas por serem suspeitas do crime de participação em rixa entre adeptos das duas equipas nas imediações do Estádio da Luz, que obrigou à intervenção policial.

“No momento da intervenção, os polícias foram alvo de arremesso de várias pedras, garrafas e tochas, sendo necessário recorrer aos meios coercivos para cessar com os confrontos. Face ao escalar dos confrontos entre os adeptos e consecutiva confrontação para com a atuação policial, a fim de se preservar a integridade física dos polícias e de terceiros, foi necessário efetuar 17 disparos de arma de fogo para o ar e prosseguir com a ação de detenção dos intervenientes”, explica o documento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.