Esta quarta-feira, Duilio Monteiro classificou como “traição” a mudança de Vítor Pereira para o Flamengo. Em conferência de imprensa, o presidente do Corinthians explicou o processo de saída do treinador português e acusa-o de mentir.

“O que foi colocado para nós foi colocado para os adeptos. Lamento a frustração. Dedicaram carinho ao Vítor, mas ele mentiu. Tudo o que sabemos foi colocado a vocês… Uma doença da sogra, ele preferiu sair por isso. O Corinthians é maior que tudo isso, vamos em frente”, começou por dizer Duilio Monteiro, citado pela Globoesporte, prosseguindo.

“Fizemos todos os esforços para que ele ficasse, oferecemos um contrato muito bom, um pouco melhor do que ele tinha. Deixámos claro que tinha carta branca para trabalhar. Em 2022 trouxemos os reforços que ele quis: Rafael, Fausto, Yuri Alberto, Maycon, Junior Moraes. Todas as condições foram oferecidas”, garantiu o presidente do Corinthians, antes de deixar mais críticas.

“Uma pessoa que outro dia numa entrevista com Marco Bello (repórter da rádio Transamérica), chamou ele de mal educado. Não sei que educação é essa que ele tem, uma educação que não forma caráter. O Corinthians é muito maior que todos nós, o Corinthians segue sua vida como sempre seguiu. É passado. Não conversei e não converso mais com o Vítor, tenho nada para falar com ele. O Flamengo viu um profissional livre e foi atrás. O Flamengo não tem nada a ver com esta história. Um profissional que mentiu, seguiu a vida dele. Não sei se já assinou, não cabe mais ao Corinthians e a mim falar sobre ele. Temos coisas muito boas a fazer nesse último ano de mandato”, rematou Duilio Monteiro.

Recorde-se que Vítor Pereira foi anunciado como o novo treinador do Flamengo na manhã de ontem, terça-feira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.