“Pinto da Costa tocou-me no orgulho”

FCPorto foi a rampa de lançamento do que é considerado por muitos o melhor treinador do Mundo. Após vencer a Taça UEFA, Pinto da Costa convenceu José Mourinho a ficar mais um ano, para ganhar a Liga dos Campeões. Estavam José Mourinho e Deco de saída, mas o Presidente Pinto da Costa convenceu-os a ficar, com o intuito de atacar a Champions.

A revelação é feita através do próprio José Mourinho, em entrevista à revista “Dragões”, na semana em que o presidente do FC Porto completa 30 anos à frente do clube.

“Na semana que se seguiu à final da Taça UEFA, estava eu de saída, estava Deco de saída. [Pinto da Costa] Chamou-me e sentou-se comigo. Perguntou-me se não sentia que poderia ganhar a Champions… Como sempre, acertou na ‘mouche’. Tocou-me no orgulho”, afirmou o treinador.

“Mister, prometo que só vendemos um jogador e que não será Deco. Prometo que lhe daremos outro em sua substituição e que será o mister a escolher”, afirmou na altura Pinto da Costa, ao que Mourinho rapidamente respondeu: “Ok, Presidente! Vendemos o Postiga e vamos buscar o McCarthy.”

“O Homem sabia que eu não poderia virar as costas a um desafio e tocou-me na ferida. Fiquei mais um ano. O Homem tinha razão, podíamos ganhar a Champions. Agradeço-lhe por esse poder de persuasão, pela inteligência com que o usou, algo apenas possível nos eleitos”, referiu José Mourinho.

“É que, tal como há um grupo de eleitos entre os jogadores, entre treinadores, também há um grupo de eleitos entre dirigentes. E aqui, Pinto da Costa ocupa seguramente a nível mundial uma posição no topo”.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.