A advogada saudita Nouf bin Ahmed apresentou uma petição para a prisão e deportação de Cristiano Ronaldo, devido aos seus gestos no final do jogo contra o Al Hilal FC.

A controvérsia surgiu em relação aos gestos de Cristiano Ronaldo depois da derrota do Al Nassr FC contra o Al Hilal FC (2-0). Nouf bin Ahmed, advogada saudita, criticou o comportamento do jogador português e exigiu justiça, afirmando que iria enviar uma petição ao Ministério Público. Mais tarde, confirmou que o processo está em andamento.

“Não sigo desporto. Se os adeptos do Al Hilal provocaram Cristiano Ronaldo, ele não soube como responder. A conduta de Cristiano constitui um delito. É um ato publicamente indecente que exige a prisão e deportação quando cometido por um estrangeiro.”

Os responsáveis pelo Al Nassr explicaram o ocorrido em um comunicado enviado à agência EFE: “Ronaldo sofreu uma lesão. No lance com Gustavo Cuéllar, ele sofreu uma lesão numa área sensível. Quanto às exigências dos adeptos, eles são livres para pensar o que quiserem.”

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.