Esta quarta-feira, Paulo Futre esteve num evento publicitário, no Centro Comercial Colombo, onde abordou a Seleção e os últimos acontecimentos em torno de Cristiano Ronaldo. O antigo internacional alertou para a necessidade de a equipa entrar em campo concentrada no encontro de amanhã, com o Gana, e fez votos para que CR7 faça Erik ten Hag, treinador do Manchester United, que Futre apelidou de “artista”, arrepender-se.

“Não podemos facilitar, temos de estar mais atentos do que nunca. Não podemos cometer erros como fizemos no último minuto contra a Sérvia. Aquele canto curto onde estavam 6 sérvios para três portugueses… Contra a Espanha estávamos ali a dormir. Ainda agora, no jogo particular [com a Nigéria], a ganhar 2-0, não podíamos fazer aquele penálti. Não podemos facilitar em nenhum momento durante o jogo. E se estivermos a ganhar, muito menos. Temos de estar atentos para não acontecer o que aconteceu à Argentina e à Alemanhã”, explicou.

Sobre Cristiano Ronaldo, Futre só espera surpresas no Qatar. “Sabemos a mentalidade que ele tem, o quão competitivo é, a maneira como se quer vingar lá do artista… Quando digo artista, eu também não tenho respeito por ele, pelo treinador do Manchester United. O que ele fez ao Cristiano, quando lhe diz para entrar a 3 minutos do fim.. O Cristiano tem cinco Bolas de Ouro! Se eu, com uma Bola de Prata, ganhei o estatuto de nenhum treinador me poder fazer isto, imaginem como se sentiu o Cristiano. Eu senti-me humilhado naquele dia, imagine-se como não ficou o jogador. Sabia que ele tinha tido problemas com a filha, o treinador também sabia, e de qualquer maneira foi procurar o confronto. Está a dizer-lhe ‘não te quero aqui comigo’. O Cristiano tinha feito 18 golos na época anterior, o que ele [Ten Hag] fez… Não há palavras. Sabemos que o Cristiano é o número um vingar-se. Vamos ver se esse artista não vai ter pesadelos durante todo o Mundial, oxalá que sim. Porque é sinal que o Cristiano está a fazer golos e a fazer um grande Campeonato do Mundo. Depois da rescisão, os colegas ainda vão dar um bocadinho mais para que o Ronaldo acabe esta fase menos boa que está a viver.”

Futre foi depois questionado sobre o clube para onde CR7 poderá ir depois do Mundial: “Espero que não jogue em mais nenhuma equipa. Se for campeão do Mundo retira-se, foi o que ele disse, retirava-se em grande, com a taça de campeão do Mundo nas mãos. Se ele mudar de ideias, porque tenho fé que vamos ser campeões do Mundo, há dois clubes onde seria muito bem recebido pelos adeptos: o Sporting e o Real Madrid. Se limar os problemas que teve com o Florentino Pérez pode ser o próximo destino do Cristiano, terminar ali. Porque os grandes mitos do Real Madrid são o Di Stefano e o Cristiano.”

Mas não deixou de avançar outra possibilidade: “Com esta publicidade com o Messi, não se sabe se sai o Mbappé do PSG para o Real Madrid ou o Neymar para algum lado… Ver estes dois extraterrestres juntos, terminarem a carreira juntos, seria um sonho.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.