A frase é forte e foi proferido pelo CEO da Juventus, Maurizio Arrivabene.

A respeito das situações de mercado a envolver Dybala e De Ligt, Arrivabene, referiu que, hoje em dia, os jogadores são “mais leais aos empresários do que à camisola que vestem”.

“Hoje em dia, os jogadores são mais leais aos empresários do que à camisola que vestem. O Dybala é o número 1o da Juventus e o De Ligt é um grande defesa. Eles devem fazer o seu trabalho em campo e nós faremos o nosso. É fácil dizer que se importam com o clube, mas têm de o provar”, vincou Arrivabene, em declarações à DAZN antes da partida frente ao Cagliari, que a Juventus venceu por 2-0.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.