Carlos Queiroz está de volta!

O português, de 68 anos, foi apresentado como novo selecionador do Egito com a missão de garantir a qualificação dos Faraós para o Mundial 2022.

Livre desde novembro de 2020, altura em que abandonou o cargo de selecionador da Colômbia, o experiente técnico luso esteve perto de assumir o comando técnico do Iraque, mas optou pela seleção africana que, recentemente, viu Hossam El-Badry ser despedido após um empate diante do Gabão (1×1).

O Egito, recorde-se, ocupa o Grupo F de qualificação para o Mundial (quatro pontos) que é liderado pela Líbia (seis). Atrás surgem Gabão (um) e Angola (zero).

Depois de Portugal (em duas fases diferentes), Emirados Árabes Unidos, África do Sul, Irão e Colômbia, Carlos Queiroz vai assumir a sexta seleção na sua carreira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.