Bruno de Carvalho ex-presidente do Sporting CP, concedeu uma entrevista ao Expresso onde afirma que o seu nome consta de uma lista de nomes associadas a terrorismo e que por isso está impedido de entrar no país.

“Há um vídeo com o Varandas a rir-se no balneário após o ataque. Se houvesse uma imagem minha a rir-me, estava já preso em Guantanamo. E ele agora é presidente do Sporting. Porquê em Guantanamo? Porque é onde se metem os terroristas. Tem a noção de que o meu nome, como acusado de terrorismo, está nas listas de terroristas nos Estados Unidos? Disseram-me isto. Porque sou um terrorista. Mas não vi a lista. Não sei se posso ou não entrar nos Estados Unidos, ainda não tentei, nem posso”, diz Bruno de Carbalho em entrevista ao semanário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.