Existem cada vez mais movimentos a pedirem a destituição do atual presidente do Sporting.

Perante este cenário, Baltazar Pinto, presidente do Conselho Fiscal e Disciplinar, elogiou o trabalho da direção liderada por Frederico Varandas e aponta às eleições de 2022 para uma mudança de rumo, se assim os sócios quiserem.

“Peço-lhes que tenham calma e respeito por quem ganhou as eleições. Falta muito pouco para haver novas eleições, um ano e meio (até março de 2022). É um processo complexo. Nessa altura poderão votar nos candidatos que acharem melhores. Mas até lá aguardem”, referiu o magistrado em declarações ao jornal Record, antes de elogiar Varandas e a sua direção.

“Está a fazer um bom trabalho. Apanhou o Sporting numa altura crítica, muito má. Eu tenho lá as contas, sei o que se passa. Além do mais, para mim, há uma outra coisa muito importante, como juiz do Supremo Tribunal de Justiça: eu só lá estou porque são pessoas honestas. São pessoas honestas que não tiram nada ao Sporting e que dão o melhor que podem”, atirou, antes de analisar o impacto que a pandemia de Covid-19 teve no clube de Alvalade.

“Não sei se outra direção faria melhor. Não há milagres. A menos que um indivíduo venha por aí com um saco de dinheiro, o que não é crível”, finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.