Ao final da manhã desta segunda-feira, José Mourinho recorreu às redes sociais para deixar uma mensagem de solidariedade a Georginio Wijnaldum, reforço de verão que sofreu uma fratura na tíbia direita durante um treino da AS Roma.

O treinador português lamentou a situação do internacional neerlandês, que se encontra cedido pelo Paris Saint-Germain, mas também a de Felix Afena-Gyan, que foi apontado como culpado pelo incidente.

“Por vezes, o futebol consegue ser uma me***. Em apenas duas semanas, o Gini tornou-se num de nós, graças às suas qualidades humanas (as suas qualidades futebolísticas já era conhecidas”, começou por escrever o Special One.

“Infelizmente, num acidente muito azarado, sofreu uma grave lesão, que o manterá afastado dos relvados por muito tempo. Mas não é apenas o futebol que, por vezes, consegue ser uma me***, as pessoas também conseguem sê-lo”, prosseguiu.

“Aqueles que iniciaram o rumor de que um miúdo de topo como o Felix poderia ser o responsável por aquilo que aconteceu são uma verdadeira escumalha. Esta noite, unamo-nos todos. Jogamos pela AS Roma, por Wijnaldum e pelo Felix”, completou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.