O Marítimo deu entrada com duas ações judiciais para reclamar uma dívida de 6,3 milhões de euros ao FC Porto, avança esta sexta-feira o portal MaisFutebol.

Os processos deram entrada no Juízo Central Cível do Funchal no passado dia 7 de julho. As duas ações dizem respeito a um reclamar de dívida de cinco milhões de euros, e o outro diz respeito a uma verba de 1,3 milhões.

De acordo com a mesma fonte, estas ações estarão relacionadas com transferências de Pepe e Kléber, até pela correspondência em termos de verbas, uma vez que o Marítimo já tinha assumido os litígios anteriormente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.