Os dias têm sido difíceis para o FC Porto. O clube está novamente de luto após a partida de mais uma figura histórica.

Depois de Lima Pereira, os dragões choram a morte de Maria Amélia Canossa aos 88 anos, a cantora que deu voz ao seu hino e à sua marcha.

Foi aos 18 anos de idade que gravou o hino dos dragões e que ainda hoje é entoado no Estádio do Dragão e pelos seus adeptos.

O FC Porto assinalou a morte de Maria Amélia Canossa nas redes sociais.

“A voz de todos nós vai ouvir-se eternamente. Estamos muito mais pobres, mas seguiremos a cantar: Porto! Porto! Porto! Porto! Até sempre, Maria Amélia Canossa! A voz de todos os Dragões”, pode ler-se.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.