Foi um final de Assembleia Geral ‘quentinho’ aquele que se viveu na madrugada de sábado no pavilhão 2 da Luz.

Um associado benfiquista, que se inscreveu para falar após a votação e consequente aprovação do Relatório e Contas do exercício 2018/2019, teve um discurso corrosivo para com Luís Filipe Vieira, tendo falado em “amor sujo”, de acordo com o jornal A Bola.

O presidente encarnado não gostou do tom e foi confrontar o adepto benfiquista. Tanto que segundo alguns relatos tê-lo-á apelidado de “ordinário” e, logo de seguida, apertado o pescoço, o que levou à intervenção imediata do corpo de segurança presente no pavilhão.

Nas redes sociais, foi lançado um vídeo em que Vieira aparece descontrolado a falar com alguns associados que o vaiaram devido à sua atitude de confrontar fisicamente o adepto que discursava.

Mais tarde, já perto do final da AG, o líder encarnado recusou pedir desculpa ao adepto que confrontou: “Não peço desculpa a quem ofendi. O que esse senhor disse, em determinadas circunstâncias, devia ser detido”, atirou Vieira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.