alt

Escrito por: Ricardo Vidal

Até onde pode ir este Sporting? Até onde vão deixar ir este Sporting? Gostava muito de saber. Se apenas falássemos de rendimento desportivo, talvez pudesse dar uma resposta, no entanto, a cada fim-de-semana que passa vemos coisas do “arco-da-velha” a acontecerem. Já sei que vão dizer que o William deu dois toques na bola e tal, mas se tivesse dado um apenas que diferença fazia? Não teve influencia direta. Contudo, o mesmo não se pode dizer para os lados da Luz. Provavelmente, ganharia todos os jogos à mesma, mas é certo que já não me lembro de um jogo do Benfica para a liga que tenha sido “limpinho” “limpinho” (como tanto gostam de dizer). A ajuda divina, ou talvez não, tem estado sempre presente como se de um 12º jogador se tratasse. Agora que estão fora das competições “uefeiras” temo que a situação se agrave. Adiante.

O meu Sporting depois de vencer na champions de forma esclarecedora tinha o jogo do tudo ou nada em casa contra o Setúbal. Está claro que se a vitória não surgisse os leões podiam dizer adeus ao campeonato de forma definitiva. Contudo, Marco Silva ouviu-me e finalmente colocou Montero e Slimani em simultâneo. A fórmula teve resultados imediatos com Montero a brilhar no último passe sendo que foi o “abre-latas” no corredor direito do Sporting. No entanto, os resultados práticos desta mudança apenas se fizeram sentir na segunda metade do jogo com dois golos dos protagonistas que citei anteriormente. O Setúbal demonstrou ser um adversário muito frágil sem nunca sequer ter ameaçado verdadeiramente Rui Patrício. Domingos tem vindo a revelar-se um autêntico fracasso como treinador, por onde tem passado não tem deixado boas recordações. Na próxima jornada, visita ao Bessa com a equipa adversaria destroçada com a expulsão de 3 elementos nesta ultima jornada. É obrigatória a vitória porque neste momento e com 8 pontos de diferença para a liderança do campeonato todos os jogos tem de ser encarados como finais.

Em jeito de conclusão dizer que espero sinceramente que o futebol se torne um desporto mais serio e transparente sem que fatores externos à modalidade estraguem a beleza dos pontapés na bola. 

 
SL

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.