Dever cumprido e olhos postos na Madeira

O FC Porto recebeu na noita passada os Vitoria de Setubal, numa partida em que se via forçado a vencer para poder manter as aspirações na revalidaão do titulo de campeão nacional. E os dragões começaram a controlar a partida rondando a baliza sadina mas sem criar, na fase inicial, oportunidade claras de golo. James ia tentando tal como Lucho e Jackson mas a bem preparada defesa sadina ia conseguindo aguentar as investidas azuis e brancas.
 
Vitor Pereira mexeu ainda antes do intervalo fazendo entrar Varela para o lugar de Atsu. Na segunda parte, nos minutos inicias ia-se vendo mais do mesmo. O tempo aia passando, o FC Porto não parecia com "faro" para o golo até que aos 62 minutos é assinalada grande penalidade a favor dos dragões. James Rodriguez, chamado a converter, permite a defesa a Kieszek, para desespero dos milhares de adeptos nas bancadas. De resto, este lance só veio aumentar a apreesão no estádio uma vez que nos empates com Olhanense e Maritimo, o FC Porto havia desperdiçado grandes penalidades. Mas aos 65 minutos, James cruza de trivela e Lucho Gonzalez abre o marcador, acalmando algumas vozes mais exaltadas na bancada. O Vitória foi correndo atrás do prejuizo mas o FC Porto soube gerir mais ou menos bem, acabando por matar o jogo aos 87 minutos através de Steven Defour, após bela assistencia de Mangala.
 
O FC Porto conquista assim 3 pontos essencias para colocar pressão no lider Benfica que se desloca segunda-feira ao terreno do Maritimo

 

 
FICHA DE JOGO



FCPorto
 

2 – 0

V. Setúbal
 

Estádio do Dragão, Porto
Liga Portuguesa: Jornada 27
FCPorto 2-0 V. Setúbal

Marcadores: Lucho González 64' (1-0) , Steven Defour 87' (2-0)

FCPorto: Helton, Danilo, Alex Sandro (Abdoulaye, 45), Otamendi, Mangala, Fernando, Lucho González (Defour, 81), Moutinho, James, Atsu (Varela, 40), Jackson Martinez

V. Setúbal: Pawel Kieszek, Jorge Luiz, Pedro Queirós, Kiko, Frederico Venancio, José Pedro (Ricardo Horta, 71), Ney Santos, Paulo Tavares, Pedro Santos, Miguel Pedro (Jorginho Sousa, 58), Bruno Amaro (Ariz Makukula, 82)

 

Árbitro: Carlos Xistra

Vídeo/Resumo do Jogo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.