O Benfica conseguiu, este sábado, um triunfo sofrido por 3-2, no Estádio da Luz, com o Moreirense, que ainda não tinha vencido na Liga NOS. A equipa de Miguel Leal quase saiu a sorrir graças ao golo de Rafael Martins (29’), no entanto a reacção das águias na segunda parte consumou a reviravolta.

O Moreirense adiantou-se no marcador aos 29 minutos, por Rafael Martins, que aproveitou uma das várias falhas do sector defensivo encarnado para fugir e finalizar diante de um desamparado Júlio César. Estava feito o 0-1, deixando a nu as fragilidades do bicampeão.

Aos 75 minutos, Raul Jiménez, que acabara de entrar, tocou pela primeira vez na bola com a cabeça para fazer o golo do empate. Foi a estreia do mexicano a marcar pelo Benfica.

Dois minutos depois e a reviravolta consumava-se com uma ‘bomba’ de Samaris, a fazer o 2-1.

No entanto, o Moreirense não se deixou ficar e mostrou uma vez mais o mau funcionamento da defesa do Benfica, mas também a desatenção do árbitro auxiliar. Aos 86 minutos, Cardozo, que tinha entrado na segunda parte, voltou a empatar o jogo, mas finalizando em posição de fora de jogo, perante os muitos protestos encarnados.

O Benfica iria chegar à vitória com o brasileiro Jonas, já aos 88’, a executar um remate certeiro de pé esquerdo no coração da área.

benfica_ Onze do Benfica: Júlio César; Nélson Semedo, Luisão, Lisandro López, Eliseu; Samaris, Pizzi, Victor Andrade, Nico Gaitán; Jonas e Mitroglou.

Suplentes: Ederson, Fejsa, Raul Jiménez, Ola John, Gonçalo Guedes, Talisca e André Almeida.

moreirense Onze do Moreirense: Stefanovic; Sagna, André Micael, Danielson, Evaldo; João Palinha, Filipe Gonçalves e Vítor Gomes; Ernest Ohemeng, Rafael Martins e Iuri Medeiros.

Suplentes: Victor Braga, Alan Schons, Cardozo, João Sousa, Luis Carlos, Patrick e Boateng.

Vídeo do resumo da partida:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.