renato sanchez

Phillip Lahm deu uma entrevista ao jornal Record e abordou de vários temas, e recorda chegada do internacional português e dificuldades que teve.

«Claro que é muito difícil para um jovem começar num novo campeonato, ainda para mais com as diferenças que existem no futebol praticado em Portugal e na Bundesliga. Um novo clube, um novo ambiente, e no caso de Renato Sanches, recordo-me que o valor da transferência [35 milhões de euros a pronto mais 45 milhões por objetivos] fez com que as expetativas em torno dele também fossem elevadas. E isso pressionou-o. Mas acredito que a função do clube também é ajudar na integração do jogador na equipa. Renato Sanches tinha 18 anos quando chegou a Munique, era muito jovem. Defenso que os jogadores têm o direito a terem o tempo necessário para se adaptarem a um novo clube e poderem corresponder as expetativas, ma sabemos que, no futebol, principalmente quando são transferências com um valor alto, todos querem que o processo seja rápido. Investe-se no jogador e espera-se que comece a render no imediato», começou por dizer Lahm.

O ex-internacional alemão tem muitas duvidas quanto à afirmação do médio internacional português na equipa principal do Bayern.

«É difícil responder de forma concreta. É verdade que o Renato Sanches evoluiu bastante, mas estamos a falar do Bayern Munique, um dos maiores clubes do Mundo, com muita qualidade individual. Logo será sempre muito difícil para o Renato Sanches afirmar-se na equipa principal», e assim concluiu o ex-jogador do Bayern Munique.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.