DOMINIODEBOLA.com

Notícias, Futebol, Liga, Portugal, Betclic, Benfica, Sporting, Porto

Jogador argentino usou agulhas para picar adversário

2 min read

Quando se pensa que já se viu de tudo no futebol, eis que a realidade mostra que não é bem assim. No passado domingo, aconteceu algo verdadeiramente inacreditável numa eliminatória da Taça da Argentina que está a fazer correr muita tinta.

Segue-nos nas Redes Sociais

Facebook icon  Instagram icon Tiktok icon twitterx icon Pinterest icon Whatsapp icon YouTube icon

Ora, o Sport Club Pacífico, equipa modesta da quarta divisão argentina surpreendeu tudo e todos ao visitar e derrotar o primodivisionário Estudiantes de la Plata por 2-3 nos 32 avos-de-final. Porém, este conto de fadas ficou agora ensombrado com um episódio no mínimo insólito: o de que um jogador recorreu a agulhas para picar um avançado contrário, por forma a neutralizar os seus movimentos. O defesa em causa é Federico Allende e a vítima das picadas é Juan Otero.

Aos microfones da Radio Vorterix de Córdoba, Allende confirmou o sucedido: “Nós sabemos que as equipas da primeira divisão não gostam de contacto, não gostam que percamos tempo ou que joguemos sujo. Então foi isso que fiz. O futebol é assim. O futebol é para os espertos”, referiu sem grandes remorsos. “Anulei o Otero por completo, ele deve odiar-me”, acrescentou o defensor.

O jogador do Sport Club Pacífico terá colocado duas agulhas escondidas nas caneleiras. Uma delas ter-se-á partido durante o desenrolar do jogo e, com a outra, picou os adversários, nomeadamente o já citado avançado colombiano Otero, que confirmou as provocações do adversário. Aliás, o jogador de 22 anos queixou-se ao árbitro do sucedido, mas os seus apelos foram ignorados.

A reacção do presidente do clube já se fez sentir e é cáustica, na medida em que Allende corre o risco de ser despedido: “Estamos devastados. Este incidente ensombrou o bom trabalho da equipa. Vou expulsá-lo do clube, afirmou Héctor Moncada.

Otero, que levou com algumas picadelas, ouviu a entrevista e não poupou nas críticas, chegando mesmo a apelidar Allende de “homem nojento”.

No entanto, o jogador deu o dito por não dito e veio já dizer que as declarações que proferiu foram todas falsas e que em momento algum usou de uma agulha para provocar qualquer jogador do Estudiantes:

Afirmei, mas é mentira. Em nenhum momento estraguei a partida dessa forma. (…) Todo o esforço que fizemos arruinou-se no momento em que fiz aquelas declarações que são mentira. (…) Estou muito amargurado, muito quente, mas a maioria das pessoas que falam não me conhecem. Os que me conhecem sabem que tenho uma maneira de viver com um sorriso e com boa onda. Não quero continuar a alimentar uma situação que para mim não tem significado.

Perante estas novas declarações, o presidente do Sport Club Pacífico informou que “se trata de uma mentira” do jogador e que vai reunir com Allende e decidir o seu futuro, ressalvando que todo ente enredo “não condiz com a história do clube”.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Verified by MonsterInsights