Em conferência de imprensa de antevisão ao dérbi do próximo sábado entre Boavista e FC Porto, o treinador dos azuis e brancos abordou a última expulsão em casa do Mafra.

“Um jogador do Mafra foi apanhado em fora de jogo e, dentro do campo, pontapeou a bola para fora. Nem uma advertência. Sei que não sou um treinador fácil, daí toda a campanha. Eu não mudo. Obviamente tenho de corrigir, mas as pessoas não mudam”

“Não vou mudar. Vou continuar a ser efusivo. Já fui expulso por festejar efusivamente um golo. Vou continuar a ter olhar fulminante. Já fui expulso por um olhar fulminante. Vou continuar a ser assim”

“Há muita qualidade no futebol português. Olhamos para o Mundial e vemos que vão estar muitos bons jogadores do campeonato português. Não vai estar nenhum árbitro. Quando se é protegido, temos tendência a não melhorar”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.