Chancel Mbemba apontou falhas ao banco do Marselha. O central congolês lamentou que este não tivesse informado os jogadores que o resultado que se verificava (1-1) quando acabou o Sporting-Eintracht Frankfurt permitiria o apuramento dos franceses para a Liga Europa.

“No campo não sabíamos, mas no banco as pessoas sabiam. Faltou comunicação. Estamos irritados por ter acontecido no fim, mas não sabíamos. É um erro nosso”, declarou à RMC Sport.

O golo de Pierre Hojbjerg, aos 90’+5 minutos, garantiu ao Tottenham (1-2) a vitória e eliminou os marselheses nas competições europeias, um golo que sucedeu já após o apito final em Alvalade.

O treinador do Marselha, Igor Tudor, atribuiu tal falha ao “ruído”. “Havia uma confusão nos últimos minutos, havia muito ruído”, vincou, dando conta da vontade de o banco dos gauleses não querer informar os próprios jogadores sobre as contas do grupo.

“Não falamos sobre os resultados. Queremos que eles se foquem no jogo e não pensem em mais nada. Não se tratava de resultados mas de lhes dizer para não subirem todos no terreno”, declarou Tudor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.