Segundo o jornal o Jogo, após uma época de empréstimo aos leões, o guarda-redes português vai regressar aos ingleses do Everton, uma vez que os leões não chegaram a acordo com os toffees para uma transferência a título definitivo.

A mesma publicação revela que as partes estiveram em negociações ao longo das últimas semanas, mas o Everton nunca baixou a fasquia dos cinco milhões de euros para libertar João Virgínia.

O montante em causa era considerado demasiado elevado pela SAD do Sporting e as negociações não chegaram, por isso, a bom porto.

O guardião de 22 anos regressará, assim, ao Everton depois de ter acumulado um saldo total de oito jogos e 709 minutos ao serviço do Sporting, equipa na qual era a segunda escolha por conta da titularidade de Antonio Adán.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.