DOMINIODEBOLA.com

Notícias, Futebol, Liga, Portugal, Betclic, Benfica, Sporting, Porto

Francisco J. Marques condenado a um ano e 10 meses de prisão no caso dos emails

1 min read
franciscojmarques

franciscojmarques

Francisco J. Marques, diretor de comunicação do FC Porto, foi condenado nesta segunda-feira a um ano e 10 meses de prisão com pena suspensa pelos crimes de violação de correspondência e ofensa a pessoa coletiva.

Segue-nos nas Redes Sociais

Facebook icon  Instagram icon Tiktok icon twitterx icon Pinterest icon Whatsapp icon YouTube icon

A sentença resulta do processo de divulgação dos emails do Benfica, no qual o Tribunal considerou que Francisco J. Marques manipulou informações com o intuito de atacar o Benfica, alterando o conteúdo e sentido de várias mensagens. Diogo Faria também foi condenado a nove meses de prisão com pena suspensa de um ano.

O Tribunal determinou que Francisco J. Marques e Diogo Faria devem pagar uma indemnização de 10 mil euros a Luís Filipe Vieira, antigo presidente do Benfica. No entanto, os arguidos Carlos Deus Pereira e Adão Mendes foram absolvidos quanto à violação de correspondência. Júlio Magalhães, antigo diretor do Porto Canal, foi absolvido de todos os crimes, uma vez que o Tribunal considerou que ele não tinha capacidade de impedir a divulgação dos emails.

O caso da divulgação dos emails teve início em 2017 e 2018, quando comunicações entre elementos ligados à estrutura do Benfica e terceiros foram reveladas no programa ‘Universo Porto – da bancada’, do Porto Canal.

O julgamento teve início a 16 de setembro de 2022.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Verified by MonsterInsights