DOMINIODEBOLA.com

Notícias, Futebol, Liga, Portugal, Betclic, Benfica, Sporting, Porto

FC Porto arrasador com arbitragem

2 min read

O FC Porto através da sua publicação Dragões Diário, foram muito críticos em relação à arbitragem de Luís Godinho na noite passada em Moreira de Cónegos, uma partida onde a equipa azul e branca terminou reduzida a nove jogadores e na qual ficaram protestos por vários lances.

Segue-nos nas Redes Sociais

Facebook icon  Instagram icon Tiktok icon twitterx icon Pinterest icon Whatsapp icon YouTube icon

Luís Godinho interferiu claramente com a verdade desportiva. Luís Godinho retirou o FC Porto de uma competição, como já tinha feito João Capela. Luís Godinho interferiu até na próxima jornada, por expulsar um jogador que teve a infelicidade de não ver que o árbitro caminhava na sua direção. E não, isto não é um azar a seguir ao outro, porque Luís Godinho conseguiu mostrar um amarelo aos jogadores do FC Porto a cada 2,29 faltas cometidas”, começaram por dizer os portistas.

Os Dragões continuaram os protestos com,

É tempo de de gritar basta, de desmascarar todo este polvo que criou um monstro em que árbitros sem experiência, sem provas dadas, são transformados em internacionais proveta. O FC Porto vai lutar todos os dias e os dias todos que forem preciso para acabar com estas situações. (…) E ficamos à espera de esclarecimentos públicos das autoridades da arbitragem sobre esta pouca vergonha. Que explicação têm para que em quase todos os jogos fiquem penáltis por marcar a favor do FC Porto? Que motivo pode levar um árbitro a expulsar um jogador depois de o atropelar? O que acham que deve acontecer a um árbitro que tem este género de comportamento? A elevadíssima, para não dizer inaceitável, percentagem de erros em prejuízo do FC Porto explica-se como? E o presidente da APAF mantém que a culpa é dos dirigentes? Se sim, pode nomear o dirigente responsável por um jogador ser expulso por um árbitro lhe dar um encontrão? Finalmente, acham que a verdade das competições está salvaguardada?”, retorquiram.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.