A SAD do FC Porto, pretende dotar o próximo plantel de várias opções de qualidade e foi nesse sentido que, segundo O Jogo, já recusou sondagens para a venda do avançado Tiquinho Soares. Os dragões pretendem manter o jogador natural de Sousa (Paraíba) e ainda juntar-lhe Pedro, do Fluminense, que se encontra nesta fase com a seleção olímpica brasileira, em Toulon. Depois da temporada realizada, a mais produtiva da carreira em todos os aspetos (jogos, minutos, golos…), Soares foi alvo de várias sondagens oriundas da China e da Coreia do Sul e não descarta a possibilidade de deixar o FC Porto. O brasileiro tem 28 anos e entende que está prestes a entrar numa fase da carreira em que poderá assinar o último grande contrato, mas também não pretende deixar os portistas a qualquer preço. Nem a sociedade azul e branca o permitirá.

O Palmeiras mostrou-se interessado, mas não tem como satisfazer a vontade do jogador. O FC Porto só aceitará valores próximos da cláusula de rescisão (40 milhões de euros) e se já tiver uma alternativa assegurada, com perfil idêntico ao de Tiquinho.

Se neste caso o FC Porto tem a faca e o queijo na mão, no de Pedro será necessário uma grande capacidade de persuasão para convencer o Fluminense a vender aquele que é visto como uma das maiores ‘pérolas‘ do futebol brasileiro. O internacional jovem brasileiro viu a transferência para o Real Madrid ruir devido a uma lesão, mas está de volta à competição e aos golos, pelo que o emblema está renitente em fazer descontos. De acordo com a Imprensa brasileira, a expectativa dos responsáveis do “Flu” passa por transferir o jogador de 21 anos por um valor próximo dos 20 milhões de euros. Uma quantia proibitiva para os dragões que tentarão baixar assim que terminar o Torneio de Toulon.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.