Técnico tinha 45 anos

 

Depois de Hernâni Gonçalves, é a confirmação de uma uma notícia que ninguém quer dar: Tito Vilanova, ex-técnico do Barcelona, foi derrotado pelo cancro e faleceu esta tarde vítima de cancro na glândula parótida.

Desde 2012 que o antigo adjunto de Pep Guardiola lutava contra esta enfermidade. Fez inclusivamente tratamentos nos Estados Unidos. Recentemente, havia sido operado de urgência devido a problemas gástricos; não resistiu mais e o mundo do futebol ficou mais pobre.

Tito ganhou tudo ao serviço do Barcelona enquanto treinador adjunto entre 2008 e 2012. Após a saída de Guardiola, Tito foi o escolhido para prosseguir o trabalho nos catalães. No seu primeiro ano como treinador principal, Tito foi campeão com um total de 100 pontos. Entre avanços e recuos, em meados de 2013, Tito abandonou a actividade e dedicou-se em exclusivo à sua recuparção. Aaté ao dia de hoje.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.