Ao início da tarde desta sexta-feira, o Comité de Controlo Financeiro de Clubes da UEFA anunciou, em forma de comunicado emitido através das plataformas oficiais que voltou a colocar o FC Porto sob alçada disciplinar, por alegada violação das regras do fair-play financeiro.

O organismo que rege o futebol europeu informou que, “após reabrir o caso”, constatou que os dragões “falharam, ligeiramente, o cumprimento do propósito primário do acordo do pagamento”, pelo que arriscam ser severamente punidos.

“A Primeira Câmara decidiu impor uma multa de 100 mil euros e excluir o clube da próxima competição de clubes da UEFA para a qual se apure nas três próximas temporadas, a não ser que o resultado do ponto de equilíbrio agregado para os anos financeiros de 2019, 2020, 2021 e 2022 esteja de acordo com os requisitos”, pode ler-se.

O Santa Clara também entrou na alçada disciplinar da UEFA, devido a uma “violação menor dos requisitos do ponto de equilíbrio”, pelo que terá de pagar uma “multa de dez mil euros”, “a não ser que o resultado do ponto de equilíbrio agregado para os anos financeiros de 2019, 2020, 2021 e 2022 esteja de acordo com os requisitos”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.