O antigo jogador do SL Benfica, Fabrizio Miccoli, apresentou-se esta quarta-feira na prisão de Rovigo, em Itália, para cumprir a pena que lhe foi aplicada. Miccoli foi condenado a três anos e meio de prisão efetiva por extorsão com a ajuda da máfia, anunciou a justiça italiana, após rejeitar o recurso apresentado pelo jogador.

A Suprema Corte de Cassação, a última instância de recurso da justiça italiana, confirmou a punição ao ex-jogador.

Segundo o ministério público italiano, ficou provado que o antigo internacional italiano tentou extorquir dinheiro a um proprietário de clube de diversão noturna em 2010, na altura em que era jogador do Palermo, tendo recorrido a ameaças e violência com a ajuda da máfia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.