Esta terça-feira, na cerimónia de apresentação dos resultados financeiros da SAD portista relativos ao exercício de 2020/21, Fernando Gomes, informou, que o resultado líquido positivo de 33,405 milhões de euros deveu-se à “boa performance europeia”, que trouxe uma receita superior a 73 milhões de euros e ao valor atingido com a transação de passes de jogadores, de 74,8 milhões de euros.

“Estas contas vão ser enviadas para a UEFA e esperamos que o organismo faça uma declaração pública no seu site para dizer que o FC Porto cumpriu com o que lhe era exigido”, atirou Fernando Gomes, em declarações reproduzidas pelos canais oficiais do FC Porto, antes de ser questionado se seria necessário vender jogadores para equilibrar as contas do presente exercício.

“O valor que consta no nosso orçamento é da ordem dos 50 milhões de euros em mais-valias, no mínimo. Estabelecemos outro patamar, na ordem dos 80 milhões, mas o valor mínimo para respirarmos são 50 milhões”, explicou o administrador da SAD do FC Porto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.