alt

Escrito por: Rui Fiel

E de repente o Sporting Clube de Portugal depende apenas de si próprio para arrecadar o título de campeão nacional!

Ah pois é, começo assim, sem papas na língua! Assertivo, ambicioso, audaz bem ao estilo Bruno de Carvalho, tão apreciado por vários amigos meus, amigos esses que me vêm dizendo que tenho de ser mais como o Presidente. Aproveitar a oportunidade que me dão de, ainda que de forma muito singela, “representar” o meu, o nosso, Sporting e fazer frente a rivais e adversários alinhando no diapasão de toda a estrutura diretiva leonina.

Este parágrafo é para vocês sportinguistas poveiros, em especial Ruben Costa (aka Popsi) e Tó Neves!

Apesar de tudo, e brincadeiras aparte, o que refiro não deixa de ser verdade. Uma verdade de La Palice, mas não menos verdade por isso. O meu clube, ganhando todos os jogos até final da época é campeão. Espero portanto, que este trabalho psicológico já esteja a ser feito por Marco Silva e Bruno de Carvalho! Isto porque estão reunidos todos os ingredientes para uma temporada de sucesso. Vamos a eles.

O Sporting já defrontou os seus rivais diretos ao título, e não ganhando a nenhum deles, também não perdeu. Empatou inclusive na casa do campeão. Mantém-se portanto invicto na Liga (a par do rival azul e branco é a única equipa sem derrotas nesta altura). Se este facto por si só, ao fim de oito jornadas, já eleva o moral das tropas (i.e. sócios e adeptos) o que dizer daquela vergonha promovida pela empresa de gás da Sibéria a meio da semana para a Champions! Poderão achar muito estranho, mas acho mesmo que o melhor que poderia acontecer ao Sporting nesta altura (para além da derrota do primeiro classificado na Pedreira) terá sido aquela derrota na Alemanha às mãos dos corruptos dos russos. É vulgar dizer-se que só nos momentos difíceis é que as pessoas se unem, e nada pior do que perder daquela forma depois de heroicamente empatar um 3-1 com menos um elemento.

Os sportinguistas estão unidos. Creem novamente em algo que há muito lhes escapa e, arrisco-me dizê-lo, passando a equipa com distinção na cidade berço no próximo sábado, serão ainda em maior número nos próximos jogos da Liga e Liga dos Campeões, transportando a equipa para outro nível! Nível esse que, diga-se de passagem, Marco Silva não tem sabido atingir. Atletas com fracos desempenhos, em claro sub rendimento, mantém-se semanalmente no onze sem que nada o justifique, fazendo passar o clube por situações mais delicadas como no jogo contra o Marítimo deste domingo. Espero no entanto que se trate de uma situação esporádica, embora já há algumas semanas tenha falado nesta gestão, ou falta dela.

Com tudo isto, espero apenas que o meu clube esteja mesmo de volta…

SL

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.