DOMINIODEBOLA.com

Notícias, Futebol, Liga, Portugal, Betclic, Benfica, Sporting, Porto

Diego Simeone não quer ser treinador do filho

1 min read

Giovanni Simeone, filho de Diego Simeone, treinador do Atlético de Madrid, começou esta temporada a jogar na Europa – ao serviço do Génova, de Itália – e as primeiras impressões são positivas, tendo alcançado, para já, a marca de 11 golos na Serie A.

Segue-nos nas Redes Sociais

Facebook icon  Instagram icon Tiktok icon twitterx icon Pinterest icon Whatsapp icon YouTube icon

Apesar de estar a dar sinais de que se pode tornar num futebolista de alto nível, o pai do jogador de 21 anos, em declarações ao jornal espanhol El País, rejeita a ideia de que um dia poderia orientá-lo no seu clube:

Pensar em vê-lo como jogador de uma das minhas equipas significaria dar-lhe uma responsabilidade que não seria boa para ele. Seria um sacrifício muito grande e jogar futebol não deve ser um sacrifício. É só um jogo, mesmo que seja jogado por profissionais.

Nesta primeira etapa pela Europa, depois de jogar na Argentina pelo River Plate e Banfield, Giovanni tem feito um percurso que tem agradado ao pai Simeone. Ainda assim, rejeita novamente a ideia de que possa um dia ser seu treinador:

Giovanni tem tido um ano fantástico no Génova e marcar 11 golos em Itália no primeiro ano não é fácil. Ele tem qualidades de que eu gosto muito e com esforço e trabalho duro ele vai tornar-se com certeza num grande jogador, mas não na minha equipa. Há muitos clubes que lhe podem dar grandes oportunidades.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.