Escrito por: João Pereira

Domingo, 7 de Abril de 2013 às 22:00 horas: o Benfica acaba de vencer em Olhão, terreno onde Jorge Jesus nunca tinha vencido como treinador do clube. Para além da natural satisfação pela vitória, os benfiquistas sabem que o segundo classificado, fosse ele qual fosse, tem um jogo difícil, com a recepção ao Sp. Braga e um eventual deslize dos da casa faria aumentar a vantagem do nosso clube.

Segunda – Feira, 8 de Abril de 2013 às 21:50: o segundo classificado não deslizou, ganhando o seu jogo. Apesar de, pelas 20:23, o Braga ter marcado um golo, não conseguiu segurar a vantagem, fruto de uma atitude bastante defensiva. O nosso rival ganhou naturalmente na segunda parte.

Quinta – Feira, 11 de Abril de 2013 às 20:05: o Benfica entrará em campo em St. James Park aka. Sports Direct Arena, para disputar os quartos-de-final da Liga Europa frente ao Newcastle. Apesar da vantagem de dois golos, o jogo não se afigura fácil, num estádio lotado. Será importantíssimo não sofrer golos nos primeiros minutos e a concentração tem de estar no máximo. O Benfica tem de procurar controlar o jogo e marcar um golo para demonstrar que está seguro e que é a equipa mais forte, refreando assim o ímpeto dos adversários.

Segunda – Feira, 15 de Abril de 2013 às 20:00: segunda mão da meia-final da Taça de Portugal. Provavelmente o jogo “mais tranquilo” que o Benfica terá nos próximos tempo. A equipa não pode facilitar, a margem de conforto é boa mas seria absolutamente inqualificável o Paços chegar sequer a empatar a eliminatória em pleno estádio da Luz.

Domingo, 21 de Abril de 2013 às 20:15: jogo de alta tensão. Tal como o segundo classificado teve um jogo difícil em casa, o Benfica também o terá, no derby contra o Sporting. Apesar da péssima época, o Sporting encontrou motivação até ao final da época, fruto destes últimos três jogos, com a perspectiva de poder atingir um lugar europeu (as audiências e a comparência de adeptos sportinguistas nos jogos de fustal do seu clube vão baixar muito, se é que entendem esta provocaçãozinha). Para além disso, uma vitória na casa do Benfica faria amenizar, ou, para alguns, até mesmo esquecer uma época em que a instabilidade directiva, financeira e desportiva reinou. Para o Benfica, a palavra de ordem terá de ser esta, vencer! Há que respeitar o Sporting, obviamente. Os leoninos estão galvanizados e não será um jogo fácil. Força rapazes, faltam 5 jogos!

 

Este pequeno diário poderia estender-se por mais outros dias, mas preferi não o fazer. A chave do campeonato estará no eixo Sporting-Marítimo, dois jogos muito difíceis que poderão definir o campeonato. Se o Benfica passar nesses dois testes, estou convicto de que atingirá o título, caso contrário, as contas vão-se complicar, pois, nesse caso, a visita ao segundo classificado será decisiva. É certo que os rivais directos na luta pelo título também terão um ou outro jogo mais complicado. Mas uma eventual escorregadela do Benfica irá galvanizar os adversários e, nessa situação, dificilmente cederão pontos.

Quanto à Liga Europa, se passarmos às meias-finais, tudo será possível para qualquer das quatro equipas. E se o Benfica estiver nesse lote de quatro, será, com toda a legitimidade, um grande candidato a vencer a prova.

A Taça de Portugal, a confirmar-se a final, será uma prova para vencer. A conquista deste troféu é algo sempre saboroso e, apesar do aparente favoritismo, o Benfica não pode relaxar.

Estamos numa fase em que todos os jogos são importantes, deverão ser disputados, durante todos os segundos, com raça, querer e ambição, pois só assim o Benfica poderá vencer todos os confrontos e ganhar títulos.

Eu acredito!

 

 

Nota 1 – Quem se queixou e levantou suspeitas acerca do comportamento do guarda-redes Adriano, do Gil Vicente, no jogo contra o Benfica, acho que também deve ter visto algo de estranho em Quim, no jogo de segunda – feira, principalmente no lance do segundo golo. Para que fique bem claro, não estou, também, a levantar qualquer tipo de suspeita. Considero Quim um excelente guarda-redes, mas é notório que os reflexos já não são os de outros tempos. Para além disso, todos os guarda-redes têm os seus bons e maus momentos. Basta ver futebol para entender isso. É com algum desânimo que noto que algumas pessoas não sabem analisar correctamente esse tipo de situações.

 

Nota 2 – O Boavista poderá estar de volta à primeira divisão. Que bela confusão promete ser toda esta história.

 

Nota 3 – Málaga e Galatasaray, dois dignos vencidos nos jogos de ontem da Liga dos Campeões. Excelente comportamento, em dois enormes jogos a que pudemos assistir.

 

Nota 4 – O Belenenses não abranda e continua a vencer. Esta equipa promete um regresso em grande à Primeira Liga.

 

A subir: Kun Aguero e Matic. O primeiro marcou foi decisivo e marcou um belo golo frente ao Man. United na passada segunda – feira, no derby da cidade de Manchester. Matic tem sido enorme, um jogador preponderantíssimo no Benfica. Com ele, as debilidades do meio-campo são mais facilmente disfarçadas e chega a ser impressionante a capacidade do sérvio para atacar, defender e correr durante todo o jogo.

A descer: Tottenham. Os Spurs estavam a prometer mas os jogos contra Basileia e Everton puseram o clube numa situação complicada na Liga Europa e Campeonato, respectivamente.

Saudações Benfiquistas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.