Levi Lumeka esteve perto de regressar a Portugal e assinar pelo Nacional nesta janela de transferências, mas a mudança para a Madeira foi travada nos exames médicos, que o extremo inglês de 23 anos chumbou.

«Deficiência da cobertura do pilar anterior do acetábulo esquerdo, com hipocobertura acetabular e marcada remodelação osteofitária da cabeça femoral, com alterações degenerativas, condropatia moderada e laceração difusa do labrum antero-superior e anterior», pode ler-se no relatório do departamento médico, partilhado no comunicado oficial do clube.

Em Portugal, Lumeka brilhou ao serviço do Varzim antes de rumar aos franceses do Troyes. Pelos poveiros registou nove golos e três assistências em 29 jogos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.