O FC Porto está com dificuldades em chegar a um acordo para a renovação do vínculo contratual com o defesa central congolês Chancel Mbemba. Adianta esta terça-feira o Record que o defesa não vai renovar contrato com o FC Porto, pelo que a partir de janeiro já poderá comprometer-se com outro clube sem que a SAD seja compensada financeiramente.

O central, de 27 anos, foi colocado no mercado, no último verão, com um valor estipulado nos 15 milhões de euros, de forma a permitir um bom retorno financeiro. Recorde-se que o clube azul e branco investiu 6,2 milhões de euros na sua compra, mas face à inexistência de propostas convincentes acabou por permanecer no Dragão.

No caso de Mbemba, ao contrário de Corona, a saída é encarada internamente com naturalidade, sendo vista como uma espécie de final de ciclo, a exemplo do que sucedeu no caso recente de Marega. O congolês continua a ser uma peça importante no onze titular dos dragões, e se mantiver a conduta apresentada até agora vai deixar o Dragão de cabeça erguida. Tem já três troféus no currículo, sendo que foi da sua autoria o bis que derrotou o Benfica na final da Taça de Portugal.

O FC Porto está já a estudar o reforço do sector defensivo e Rúben Semedo está bem encaminhado para se tornar reforço dos dragões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.