O treinador do Chaves reagiu às críticas de Sérgio Conceição, que lançou duras críticas ao anti-jogo dos transmontanos durante o jogo da Taça da Liga que terminou com o empata um golo.

“Não nos criticaram quando perdemos por 5-0. Por vezes olhamos só para o nosso umbigo e esquecemos o resto que acontece no jogo. De forma alguma somos equipa com estilo passivo e lento. Se virem os nossos jogos, dominámos vários deles e fomos nós que determinámos o ritmo. Claro que há estratégias, todas as equipas têm a sua. Há um quebrar do ritmo de jogo, estratégias que nos interessam pontualmente durante o campeonato. Mas são situações especificas que também fazem parte. Todas as equipas de alto nível, em determinado momento, jogam mais lento, ‘matam’ mais o jogo, fazem mais faltas… acontece no Chaves e em qualquer equipa do mundo.”, atirou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.