fredericovarandas

Em entrevista à revista E, do Expresso, Frederico Varandas comentou a detenção de Luís Filipe Vieira. O antigo presidente do Benfica, recorde-se, está nas mãos da justiça como arguido da operação Cartão Vermelho.

O líder do Sporting não se mostrou surpreendido com a situação.

«É uma luz ao fundo do túnel e só peço que não se fiquei por aqui. Que haja coragem para ir até ao fim, seja quem for a pessoa, o cargo, o estatuto. A detenção de Vieira não é surpresa nem para mim nem para ninguém, e é justamente isso que descredibiliza a Justiça.
Não sou jurista, mas percebo que faça muita confusão a qualquer português que um presidente de um clube – falo de Pinto da Costa, não temo dizer o seu nome – seja apanhado em escutas a oferecer serviços de prostituição a um árbitro. Mas dado que as entrevistas não foram aceites pelos tribunais, ignoraram-se. Isto entra na cabeça de algum português? Se foi assim, não pode dirigir nenhum clube do país», explicou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.