“Quem, por qualquer meio, perante autoridade ou publicamente, com a consciência da falsidade da imputação, denunciar ou lançar sobre determinada pessoa a suspeita da prática de crime, com intenção de que contra ela se instaure procedimento”. O vice-presidente do Sporting foi constituído arguido por supostamente ter realizado uma denúncia caluniosa qualificada perante o senhor com nome de circo. Ao contrário daquilo que a vergonha de comunicação social deste país quis fazer parecer. Escreveram que o Sporting agiu em corrupção para compra de resultados de forma a ser beneficiado, situação completamente descabida tendo em conta que se fosse esse o objetivo não seria desta forma que o esquema seria montado. O que me parece que aconteceu aqui foi que, Paulo Pereira Cristovão (PPC), sabendo o tipo de artista que é Cardinal poderá ter tentado desmascara-lo montado lhe uma armadilha. Contudo, existe alguns asteriscos que me deixam confuso, o primeiro é o facto de um homem experiente como PPC em investigação, enviar um funcionário seu á Madeira, no mínimo infantil, o segundo é que não me parece que o Sporting tenta-se algo com um assistente que outrora já prejudicou o clube. Existem muitos podres neste caso, e um deles é o facto de podermos estar perante um ajuste de contas feio entre membros da Judiciaria. Sabe-se que PPC saiu pela porta do cavalo da PJ, e que deixara lá imensos inimigos, com a ganancia e vontade de vingança. Ora nada melhor que aproveitar a altura em que PPC se expõe como vice-presidente de um clube grande. Creio que PPC tentou demonstrar que Cardinal não é sério e pode ter caído na sua própria armadilha. Mas que este último não é sério já deveríamos saber, porque nenhum da corja dele o é. Primeiro não estranhou o tal depósito na sua conta, mas depois para dar uma de santo, quis doa-lo a uma instituição de solidariedade social. O Sporting sempre foi um clube que denunciou casos estranhos do futebol português, já do tempo de Dias da Cunha, quando se começou a falar no sistema. E esse facto pode retirar muitos “subsídios” a muito boa gente, logo o Sporting é e será sempre um alvo a abater por essa cambada de gente séria.

No entanto, isto era o que toda a gente queria para tentar destabilizar tudo o que o Sporting tem vindo a fazer, e também para poderem dizer “afinal o Sporting também não é sério” com um sentimento de culpa tremendo estando a sua porta escancarada á muito tempo. Resumindo, esta merda cheira muito mal e uma coisa é certa, no fim quem sairá mais prejudicado será sempre o mais inocente, não estivéssemos nós a falar da justiça do nosso país. O futebol não é isto, é um desporto histórico e maravilhoso, que cada vez fica mais manchado por estes tristes casos.

 

A foto da semana vai para o malogrado Piermario Morosini. Parece estar a tornar-se um flagelo do futebol mundial, infelizmente para nós amantes desta modalidade. Descansa em paz.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.