O Caen entende que o lugar da equipa é ao lado do treinador no enterro da sua esposa.

O Caen anunciou que não vai comparecer no desafio contra o Sochaux, da Ligue 2 de França, no sábado á tarde, por causa do funeral da esposa do seu treinador Stéphane Moulin.

O enterro de Armelle Moulin será precisamente no sábado e o Caen entende que o lugar dos seus jogadores é ao lado do técnico nesse momento de tristeza.

A informação é avançada pelos media franceses, que recordam que o Sochaux não quis antecipar o jogo para sexta-feira à noite por motivos de segurança e logística.

Entretanto, o Sochaux explicou a sua decisão e falou em três datas sugeridas pelo Caen, que não foram aceites. “Enviámos as nossas condolências à família do técnico do Caen e estamos sinceramente comovidos com o que está a acontecer com eles. Não há inimizade entre o Caen e o Sochaux. Posto isto, o Caen comunicou-nos um pedido de alteração do jogo. Acho que toda a equipa quis prestar uma última homenagem à mulher do treinador. Eles sugeriram três datas, sexta-feira, domingo às 15h ou segunda-feira às 20h45. Para nós, é impossível alterar o calendário de jogos em tão pouco tempo. Poderia acarretar custos adicionais muito significativos. Também estou aqui sobretudo para garantir a integridade financeira do clube”, afirmou o diretor geral Samuel Laurent.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.