A notícia é avançada pelo Porto Canal, que dá conta de que vários membros da claque do Benfica “No Name Boys” estarão envolvidos nos desacatos causados pelos adeptos do Hajduk Split na noite desta terça-feira no centro histórico de Guimarães. A mesma fonte adianta que depois dos vários minutos de caos, o grupo, com mais de 100 pessoas, entrou em cinco autocarros de matrícula portuguesa em direção à cidade do Porto.

Na VCI, o grupo foi intercetado pela polícia e criou-se um novo caos. Junto ao nó de Paranhos, onde os autocarros foram mandados parar, dezenas de adeptos fugiram a pé, com as autoridades a tentar intercetá-los.

Em declarações à SIC Notícias, uma testemunha, que estava num dos bares do centro de Guimarães no momento da “invasão” dos adeptos do Hajduk Split garante que existiam portugueses no grupo. Segundo Marta Mendes ouviram-se frases como “Guimarães é nosso” e “vamos por esta cidade a arder”.

A proximidade entre as claques do Hajduk Split e os “No Name Boys”, do Benfica, é conhecida. Nas redes sociais há adeptos encarnados a garantir o apoio aos croatas.

“Vamos estar aí com os nossos irmãos certamente” e “tudo preparado para invadir” são alguns dos comentários publicados.

 

One thought on “Claque do Benfica juntou-se a adeptos do Hajduk Split nos desacatos de Guimarães”
  1. É bonito ver Adeptos proximos, existe uma forma de Amizade Chaves-Guimarães e é bonito de se ver. Agora se os NNB vieram para fazer desacatos é vergonhoso, vir apoiar um clube estrangeiro e partir para a Violência contra o Vitória e a cidade é vergonhoso mesmo.
    Saudações Flavienses

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.